O que é coaching? E coach? [guia definitivo]

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

“Leandro, o que é Coaching? E Coach? Quais os benefícios do Coaching? Qual o nicho posso atuar? Que formação você me recomenda? Há boas formação em Coaching online? Quais as vantagens quando comparadas ao presencial?”

Com base nessas e outras perguntas que várias pessoas me fazem, sejam clientes, colegas ou amigos, resolvi escrever este artigo para compartilhar as possibilidades do universo Coaching. Espero que goste e esclareça aspectos importantes! Vamos lá!

Um pouco da origem do Coaching

Segundo pesquisas de prestigiadas instituições, a palavra ‘coach’ embora inglesa, tem sua origem húngara. Explico!

Na cidade de Kocs, na Hungria, mais especificamente às margens do Rio Danúbio e entre o trajeto de Viena e Budapeste, no século XVI, os habitantes ali desenvolveram técnicas de produção de carruagens.

Essas carruagens, os kocsi szeker’, como eram conhecidas, eram muito cobiçadas e desejadas, uma vez que possuíam molas de aço em suas suspensões, o que ofereciam muito conforto para os passageiros da época.

Assim, tanto as carruagens quanto os habitantes da cidade de ‘Kocs’ passaram a ser chamados de ‘kocsi’, que ao ser pronunciado pelos ingleses, passou a ser entendido como ‘coach’. Portanto, ‘coach’ é uma palavra inglesa com sua origem húngara.

Com o passar dos anos as pessoas começaram a relacionar a função maior da carruagem, que era transportar indivíduos de um ponto ao outro geograficamente, à função do coach, que tinha a incumbência de conduzir pessoas do “ponto atual” (estado atual) ao “ponto desejado” (estado desejado ou objetivo), isto por meio de técnicas e conhecimentos.

Mais tarde, século XIX a partir de 1850, o termo ‘coach’ ganhou expressiva força quando passou a ser utilizado por alunos da Universidade de Oxford, e outras universidades, para designar seus ‘tutores’.

Por sua vez, esses ‘professores/ tutores’ eram responsáveis por ajudar os alunos na preparação dos exames e testes. Ou seja, a terem melhores desempenhos e resultados nas provas. 

Também, a partir dessa fase, a própria universidade percebeu que o termo e o conceito se aplicavam muito bem aos técnicos das equipes esportivas, o que gerou a expansão do significado e a disseminação da palavra ‘coach’, por consequência, do termo ‘coaching’.

‘Coach’ então, na sua essência, é “aquele que conduz uma pessoa ao lugar desejado” (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico).  

Afinal, o que é coaching?

Para a International Coach Federation (ICF),

“Coaching é uma parceria entre o Coach (profissional treinado para entregar o processo de coaching) e o Coachee (pessoa que passará pelo processo de coaching), em um processo estimulante e criativo que os inspira a maximizar o seu potencial pessoal e profissional, na busca do alcance dos seus objetivos e metas através do desenvolvimento de novos e mais efetivos comportamentos”.

O Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) define Coaching como…

“um processo definido como um mix de recursos que utiliza técnicas, ferramentas e conhecimentos de diversas ciências como a administração, gestão de pessoas, psicologia, neurociência, linguagem ericksoniana, planejamento estratégico, entre outras. A metodologia visa a conquista de grandes e efetivos resultados em qualquer contexto, seja pessoal, profissional, social, familiar, espiritual ou financeiro”.

Para os presidentes da Sbcoaching, Coaching é…

“extremamente eficiente para elevação do desempenho, o aumento da autoconsciência, o foco em resultados, a otimização das estratégias de pensamento, sentimento e decisão, bem como focar fortemente em ação de aprendizado, com melhoria contínua e consequente aumento de conquistas e resultados”.

Tais conceitos, portanto, nos remetem às definições claras de alguns termos, tais como:

  • Coach: profissional treinado que conduz o processo;
  • Coaching: o processo (ou metodologia) composto por um conjunto de técnicas e ferramentas;
  • Coachee: aquele que passa por um processo de coaching, ou seja, ‘o cliente’;
  • Coaches: plural de coach;
  • Coachees: plural de coachee

Benefícios do Coaching

Os benefícios de passar por um processo de Coaching, levando em consideração inclusive depoimentos de alguns dos meus clientes, envolvem:

  • Definição clara de metas e objetivos, tanto no curto quanto no médio e longo prazo;
  • Desenvolvimento de planos de ações mais eficazes;
  • Aprimoramento de habilidades voltadas para tomada decisão com foco em resultados;
  • Melhoria na comunicação e nos relacionamentos;
  • Aumento do foco e da produtividade;
  • Otimização de estratégias de gestão de tempo e de atividades;
  • Desenvolvimento mais aguçado dos pilares da inteligência emocional, entre eles o autoconhecimento, o autocontrole e a autoconfiança;

  • Desenvolvimento e aprimoramento de competências, habilidades e atitudes pertinentes;
  • Conhecimento mais profundo do seu perfil comportamental;
  • Identificação e redução de crenças limitantes ou sabotadoras;
  • Melhoria no desempenho profissional ;
  • Aumento do índice de felicidade e prosperidade;
  • Maior equilíbrio entre vida pessoas e profissional;
  • Aumento da eficiência e da eficácia de equipes;
  • Oportunidade de carreira (atuar como coach);
  • Entre outras.

Caso você já tenha passado por um processo de Coaching ou caso seja um profissional Coach, você saberá muito bem o impacto desses benefícios para as pessoas e organizações. Certo?

Nichos: diferentes tipos de Coaching

 Uma das questões muito comum tanto de clientes quanto de pessoas interessadas em fazer um curso de formação em Coaching é: “quais segmentos um coach pode atuar?

Essa é uma indagação bem pertinente, seja para você escolher um profissional mais gabaritado para o seu caso, seja para você escolher uma formação mais pertinente aos seus objetivos e experiência.

Logo, para alguns estudiosos, há duas (2) grandes áreas do Coaching: o I) Life Coaching e o II) Coaching Profissional.

I) Life Coaching

Neste, as técnicas são voltadas para atender necessidades pessoais, para o equilíbrio de vida, o que contempla as seguintes subáreas:

 II) Coaching Profissional.

Aqui, em linhas gerais, o foco é habilidades, competências e atitudes voltadas para campo profissional e encarreiramento. O que engloba:

  • Coaching de Carreira;
  • Coaching de Concurso Público;
  • Coaching Executivo;
  • Team Coaching ou Coaching de Equipes;
  • Coaching de Liderança;
  • Coaching de Vendas;
  • Coaching de Empreendedores,
  • Além de outras subáreas.

Considerações finais

Há pessoas, conforme disse lá em cima, que optam por partir direto para uma formação em coaching, seja uma formação em Life Coaching seja uma formação em Coaching Executivo. Assim sendo, cabe algumas considerações.

Qualquer pessoa (não existe um pré-requisito) pode se tornar um Coach. Há Coaches de diversas áreas profissionais, tais como: consultores, gestores, analistas de recursos humanos, gerentes, psicólogos, além de tantas outras.

Contudo, para aqueles que pretendem atuar na área de Coaching de forma segura e sustentável, é fundamental escolher uma instituição séria do qual o facilitador (quem vai ministrar o curso) possui experiência significativa de mercado.

Lembre-se que as técnicas e ferramentas que aprenderá no curso de formação lhe acompanharão profissionalmente ao longo da sua carreira e atuação.

Logo, precisam ser pautadas em um método e em know-how de qualidade, o que vai lhe conferir um embasamento teórico e prático para atuar de forma competente e responsável no mercado. Veja aqui algumas formações de alta qualidade:

 

 Gostou? Compartilhe!

 

Leia também…

Seja Treinado por Paulo Vieira (Ph.D) agora

Quer ser seu próprio Coach? 5 Técnicas para aplicar hoje

 

 

Fechar Menu